• Português
  • Español
  • English
  • Alemao
  • Francês

CONTATO

Circuito praias do Leste

« Voltar para Grande Florianópolis

Enviado por Evelyn Althoff em 11/11/2008

As praias ao Leste da Ilha de Santa Catarina são caracterizadas pelas ondas atrativas aos surfistas de todas as partes do Brasil e do mundo. Barra da Lagoa, Joaquina, Mole, Galheta e Moçambique são praias basicamente freqüentadas por jovens que procuram contato direto com a natureza, paqueras e esportes radicais. É também a região em que fica localizada a famosa Lagoa da Conceição. As estradas que dão acesso às praias vêm do Centro (SC-401), do Norte (via Ingleses, por dentro do Parque Florestal do Rio Vermelho), e do Sul (SC-406, no Rio Tavares). 

Barra da Lagoa
Importante núcleo pesqueiro da cidade, a Barra da Lagoa conta com pousadas e restaurantes de clima tipicamente caseiro para receber os turistas. No mar, as ondas suaves permitem a prática do surfe sem incomodar os banhistas. Uma das atrações que não devem ser deixadas de lado é a Ponte Pênsil que passa por cima do Canal da Barra. Uma trilha curta por entre casas da comunidade dá acesso à Prainha, uma pequena enseada cercada por enormes rochas e sítios arqueológicos.

Joaquina
Praia que oferece a melhor infra-estrutura aos turistas. Local ideal para a prática do surfe, já foi sede de inúmeros campeonatos que destacaram grandes surfistas catarinenses. O estacionamento pode ser um problemão para o turista desavisado. Quem preferir deixar o carro perto da praia deve optar pelo estacionamento pago, já que as placas de proibido estacionar predominam nos poucos lugares que ainda restam. A infração pode sujeitar o visitante a uma multa e, em alguns casos, à apreensão do carro. Simpáticas lojinhas de artesanato, bares, hotéis e restaurantes completam o ponto de encontro preparado especialmente para a visita dos jovens de todas as partes do País.

Mole
Muito freqüentada por surfistas e praticantes de parapente que aproveitam a encosta Sul como rampa de decolagem, a praia Mole tem como característica a areia macia e as fortes ondas. As famílias com crianças devem ter cuidado devido ao aumento abrupto da profundidade dentro da água. A praia atrai ainda a juventude dourada – e marombada. É também reduto da tribo gay. O ponto de encontro são os vários barzinhos à beira da praia. Para evitar o trânsito de volta, o conselho é sair antes das 17h ou bem depois desse horário. Para quem prefere uma acomodação nesta praia, as opções são o hotel Praia Mole Eco Village e o Praia Mole Park Hotel, ambos em frente à praia, ou ainda o Cabanas Praia Mole Hotel que, além de apartamentos, oferece cabanas na alta temporada.

Galheta
Para chegar até a praia da Galheta, os visitantes devem percorrer uma trilha de 300 metros, a partir da costa Norte da praia Mole. Protegida por um morro que a mantém isolada da estrada, desde a década de 1970 essa praia é freqüentada por inúmeros naturistas, mesmo que a prática do nudismo nunca tenha sido obrigatória no local. Sem infra-estrutura de bares e restaurantes, o balneário é perfeito para quem curte a natureza em toda a sua plenitude.

Moçambique
O Moçambique é a praia mais extensa de Florianópolis e fica a 29 km do Centro. Por fazer parte do Parque Florestal do Rio Vermelho, não há construções no local, deixando a paisagem ainda mais árida com as dunas que cortam a linha entre a vegetação rasteira de restinga e o oceano. Como em todas as outras praias viradas para o mar aberto, que têm contato com a Corrente das Malvinas, no Moçambique a água é extremamente fria, o que não atrai muito os turistas. A praia, que costuma ser deserta em baixa temporada, no verão recebe surfistas de todas as partes do mundo atraídos pelo mar aberto de ondas quase perfeitas.