• Português
  • Español
  • English
  • Alemao
  • Francês

CONTATO

Patrimônio Histórico

Santa Catarina tem dezenas de conjuntos históricos preservados, de variadas origens, com destaque para os fortes e casarões portugueses e as casas e igrejas coloniais açorianas no litoral, as casas em estilo enxaimel dos imigrantes alemães e os casarões de madeira dos italianos.

O circuito cultural catarinense é composto por 22 conjuntos arquitetônicos históricos tombados pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, além de diversos bens tombados pelo Estado e municípios. As casas e os monumentos de cada região têm características que representam a cultura de seus colonizadores – há uma grande diversidade de origens e estilos em todo o Estado. Além do patrimônio arquitetônico e artístico, há ainda grande quantidade de equipamentos, ferramentas, vestimentas, móveis e objetos espalhados em dezenas de museus históricos. Por fim, Santa Catarina possui importantes sítios pré-históricos, a maior parte situados no litoral.

Arquitetura Portuguesa
As fortalezas portuguesas da Ilha de Santa Catarina – Florianópolis –, datadas do século XVIII, são imponentes. Restauradas, abertas à visitação, em alguns casos acessíveis após prazeirosos passeios em escuna, são o destaque do circuito turístico-histórico catarinense.

Na maioria das cidades litorâneas, é possível encontrar antigos casarões portugueses e o casario típico açoriano, além de igrejas seculares, em ótimo estado de conservação – destaque para os conjuntos históricos de São Francisco do Sul, Florianópolis e Laguna. São prédios construídos com uma argamassa que misturava óleo de baleias e conchas, que mantêm as características originais e ainda estão em utilização.

Arquitetura Alemã
A influência germânica é visível na arquitetura em estilo enxaimel, facilmente identificada nos prédios com estruturas aparentes de madeira e paredes de tijolos maciços. Construções que podem ser encontradas em ótimo estado de conservação, e em quantidade considerável, nas muitas localidades de origem alemã em todo o Estado, com destaque para as cidades de Blumenau, Pomerode, Joinville, São Bento do Sul e São Pedro de Alcântara.

Arquitetura Italiana
As casas dos imigrantes italianos, construídas com tábuas largas e pesadas, no tamanho de dois andares (com até 8 metros de comprimento), estão presentes em todas as regiões do Estado – destaque para as cidades de Urussanga, Orleans, Rodeio, Nova Trento, Tangará, Pinheiro Preto, Ascurra, Botuverá entre muitas outras. Muitas destas casas apresentam varandões que descortinam belas paisagens e algumas possuem elaborados lambrequins. Embora em menor número, os italianos também construíram casas de taipas de pedras – o conjunto mais bem conservado fica em Nova Veneza.

Outros Conjuntos Históricos
Há conjuntos históricos de outras etnias européias que também participaram, em menor escala, da colonização do Estado. Vale a pena visitar a encantadora cidade de Treze Tílias, fundada por imigrantes austríacos vindos do Tirol em 1933. A cidade parece uma vila típica saída dos Alpes, com destaque para os galos de metal nos campanários, os sinos na entrada das casas e as portas e janelas em madeira trabalhada pelos artesãos locais. Outros dois grupos étnicos com contribuições arquitetônicas que merecem destaque são os eslavos – poloneses e ucranianos. Suas casas de madeira são sempre coloridas, enfeitadas por desenhos e com a presença de lambrequins – rendilhados de madeira, com pontas em gota vertendo na direção do solo, fixos nas beiradas dos telhados. Destaque para as igrejas de Santo Estanilau (polonesa) e Sagrada Família (ucraniana), em Itaiópolis. Vale conferir, também, o conjunto de construções Art Nouveau, em Lages.

Arte Rupestre
Santa Catarina possui, também, importante acervo de inscrições rupestres pré-históricas, distribuídas em cerca de 20 localidades, quase todas ao longo da costa. A exceção é Urubici, na região serrana, um dos lugares mais ricos em sítios arqueológicos do Estado. No litoral, destaque para os sítios arqueológicos na praia do Santinho e na Ilha do Campeche, em Florianópolis; e na Ilha de Porto Belo.

Fortaleza de São José da Ponta Grossa, em Florianópolis
Centro histórico de Laguna
Forte